Ao final desse artigo sobre demarcações de divisa será possível compreender a importância de realizar esse serviço adequadamente.

A análise de divisa é fundamental em diversas situações. Por exemplo, em um lote em que será preciso verificar seus limites, é importante ter o projeto original daquela quadra, a área específica de estudo ou reproduzir/utilizar um projeto pronto em DWG, para fazer a sobreposição a partir da medição em campo.

O desenvolvimento do trabalho de demarcações de divisa

No local, deverão ser medidas todas as divisas, guias do arruamento (meio fio) e deve ser feito o encaixe exato amarrado pela guia. Analisar se a rotação do projeto está correta, quais divisas estão batendo e quais não estão. Caso exista diferença, o cliente deverá ser informado, e deve-se apresentar também uma solução como proposta.

Em um espaço aberto,sem demarcações de divisas, será preciso implantá-las. Se for uma extensão já construída, uma retificação de área será proposta. No caso do acordo de invasão,a resolução deve ser feita de forma amigável ou jurídica e não deve ser proposta pela empresa de topografia. Esta somente deve indicar onde está o erro.

Um exemplo clássico que temos refere-se a uma área em que a prefeitura elaborou o projeto industrial e inseriu as divisas, porém, ao implantarem as ruas, o implantaram de forma diferente do projeto. Consequentemente as divisas dos lotes não ficaram corretas em campo.

Ao contratar a equipe de topografia foi identificado que o arruamento não estava compatível, apesar dos proprietários possuírem marcos em seus respectivos lotes. A solução desse projeto foi fazer um novo projeto de divisão dos lotes na quadra e implantar os lotes de acordo com o arruamento já existente.