A Inovar Topografia e Geodésia realiza o levantamento topográfico planialtimétrico cadastral. Esse tipo de levantamento visa obter o máximo de detalhes possíveis de uma propriedade. Vamos usar o exemplo de uma área urbana: realizamos o levantamento de uma faculdade medindo todas as árvores, bancos, estátuas, construções, postes, arrimos, acesso, cotas de nível do terreno e quaisquer outros pontos que a equipe de engenharia e arquitetura julgar necessário constar no levantamento.

Realizado o Planialtimétrico cadastral com todas as informações de níveis do terreno é possível gerar o MDT (Modelo Digital do Terreno) e calcular as curvas de nível com o espaçamento desejado, podendo variar de 0,10m a 5m conforme a declividade do terreno e melhor representação gráfica.

Com o Planialtimétrico Cadastral é possível extrair diversas informações e subprodutos (novas peças técnicas) para diferentes finalidades como cartorária, projetos ambientais, projetos urbanísticos, regularização do imóvel, desmembramentos, entre muitas outras aplicações.

As várias aplicações do planialtimétrico cadastral

A partir do planialtimétrico cadastral é possível obter diversas informações, tais como a área total do terreno de cada construção, soma total de todas as construções, determinação de cada divisa ou se possui algum estudo a ser feito para desmembramento. Podemos utilizar o levantamento planialtimétrico cadastral para todas as finalidades descritas no site, pois a partir desses dados, os quais contêm todas as informações, podemos extrair as camadas (layers), aproveitando o trabalho já realizado e extraindo novos produtos. A planta planimétrica, podemos restituir da matrícula (quando possível) e sobrepor ao planialtimétrico cadastral para analisar o formato da matrícula.

Com os dados do planialtimétrico cadastral também é possível fazer o estudo de drenagem de água, esgoto, escavações, implantação de qualquer rede de infraestrutura, saber o número de PV (poço de visita) e de postes.

Se for um planialtimétrico cadastral para um sistema viário de um trevo, uma rotatória, ou qualquer outro sistema viário, é possível fazer um estudo de trânsito, com base nas informações. Nesses levantamentos costuma-se coletar também outros dados de trânsito para que o planialtimétrico cadastral tenha dados suficientes para projetar um novo acesso.

Com as medições completas em campo, voltadas agora para a área de saneamento, é possível obter todas as curvas de nível para o cálculo de uma linha de recalque e redes de infraestrutura já citadas anteriormente em um loteamento.

O planialtimétrico cadastral em áreas rurais visa ter infinitas aplicações, como por exemplo, implantação de pousadas, hotéis fazenda, resorts, etc. Podemos utilizar o levantamento topográfico para a ampliação da sede de uma fazenda, ou mesmo para a obtenção de divisas para separação entre herdeiros.

Para a confecção de todos os projetos, o estrutural, saneamento básico, arquitetônico, urbanístico, qualquer outro projeto, é sempre feito com base no planialtimétrico cadastral. Portanto, no levantamento topográfico planialtimétrico é fundamental que seja feito com qualidade e a empresa contratada precisa ter segurança nos dados coletados, pois caso o trabalho tenha sido feito de forma incorreta, todos os demais projetos, por consequência, ficarão incorretos.

Equipamentos utilizados no planialtimétrico cadastral e outras informações

É importante salientar que, apesar de serem utilizados os três equipamentos principais da área de topografia no planialtimétrico cadastral (RTK, estação total e drone), para cada um existe uma precisão diferente. O RTK utilizamos em áreas mais abertas devido à qualidade do sinal de GPS recebido dos satélites, a estação total utilizamos para medir com precisão todas as construções, e com o laser medimos as posições das árvores, postes e qualquer construção existente. Com o Drone, realizamos o levantamento para a confecção da planta de situação, acrescentamos feições ao levantamento básico, que precise de mais informações, facilitando a interpretação do desenho. Logo, todos os dados de cota, curvas de nível, área de construção, são feitos em cima do levantamento topográfico convencional. Na Inovar Topografia o mapeamento por Drone serve apenas para facilitar a interpretação e utilizamos somente a parte planimétrica das imagens em algumas finalidades. A altimetria somente é utilizada em áreas rurais para projetos de plantio de lavouras. Para projetos civis o correto é utilizar a topografia convencional.

No planialtimétrico cadastral em área urbana ou rural, é fundamental que implantemos pontos georreferenciados, com coordenadas conhecidas, e que estejam materializados em campo, para que o projeto tenha fidelidade na implantação tanto na horizontal quando na vertical (níveis).Esses pontos são materializados com marco de concreto, pino de aço ou marco de polímero e calculamos as coordenadas, ajustamos com o SGB (Sistema Geodésico Brasileiro). A Inovar Topografia atende na cidade de Ribeirão Preto, Araraquara, São Carlos, Cajuru, Jardinópolis, Batatais, Brodowski, Altinópolis, Nuporanga, Sales Oliveira, Morro agudo, Pontal, Sertãozinho, Serrana, Cravinhos, Bebedouro, Viradouro, Jaboticabal, Barrinha, Guariba, Guatapará, Taquaritinga, Guariba, Rincão, São Simão, Luís Antônio, Serra Azul, Santa Cruz da Esperança, Jaborandi, Matão, cidades em um raio de 150 quilômetros de Ribeirão Preto